Luca I Malásia
Luca Santarcangelo

Depois de três dias a olhar uns para os outros, o Moretti veio desbloquear esta amizade – “di qual cosa” – dissemos nós. E pronto, o rapaz riu, respondeu, e dois dias depois estávamos a beber cervejas e a comer dumplings em Kuala Lumpur.
Passámos com ele os últimos dias do seu ano de viagem. E nem queríamos acreditar quando apanhou o táxi para o aeroporto. O Luca voltou para Itália e nós, um bocadinho mais tristes, seguimos para Malaca.