Manuka I Brasil
Manuka

A miúda de dreads loiros e olhos azuis é sempre o melhor ponto de referência para quem anda pelos mesmos lados que a Manuka. Conhecemo-la no festival de música latina em Parati, mas foi só na praia deserta, a assar queijos e a fazer doce de banana que a cumplicidade estoirou. Depois foi comer lasanhas a ouvir Jorge Benjor, dançar forró e um fim-de-semana pelas feirinhas, pelos botecos, pelas praças e bares de cachaça do Rio. Manuka, tu é que és bué de fixe.